Empresas fazem ‘retrofit’ de escritórios para o novo normal pós-pandemia

Áreas verdes e espaços compartilhados que facilitam a troca entre funcionários estão sendo priorizados

Há praticamente um consenso de que o trabalho híbrido será adotado por um grande número de empresas. Como haverá dias em que o trabalho será presencial – no escritório, portanto – as companhias já começaram a preparar os ambientes para que eles sejam adequados para o “novo normal” pós-pandemia. Dentre as principais mudanças estão pontos de trabalho mais espaçados, dada a necessidade de distanciamento, e áreas de convívio social – com muito verde.

Por trás desse engajamento das empresas em busca de escritórios mais agradáveis está também a expectativa de que, quando chegar a hora do retorno, os funcionários queiram voltar, mesmo que por alguns dias da semana – e as companhias torcem para que isso não seja algo compulsório.

Na empresa de tecnologia Locaweb, que ocupa um prédio no Morumbi, zona sul de São Paulo, a decisão de reformar, principalmente para tirar os carpetes, já tinha sido tomada antes da pandemia. Uma dificuldade que vinha atrasando a obra era esvaziar o prédio.

Com o home office que transformou a vida corporativa da empresa há um ano e meio, a empresa bateu o martelo e decidiu que a hora da reforma tinha chegado. No entanto, a pandemia mostrou que a obra deveria abarcar novas necessidades que surgiram diante da crise sanitária, que foram incorporadas ao projeto, comenta a diretora de gente e gestão da empresa, Simony Morais.

Continua: https://imoveis.estadao.com.br/noticias/empresas-fazem-retrofit-de-escritorios-para-o-novo-normal-pos-pandemia/

Juíza aumenta multa a condômino por reiteradas condutas antissociais
Oposição em condomínio: quando rompe o limite saudável?