Notícias

Morador sem máscara pode ser multado pelo condomínio?

O uso do EPI é fundamental para frear a expansão do novo coronavírus e para proteção individual e coletiva. A obrigatoriedade é lei em áreas públicas, estabelecimentos e estende-se aos ambientes condominiais, em teoria. Mas, então, o síndico pode multar o morador que descumprir com esta norma?

O Regulamento Interno e as convenções condominiais devem ser sempre obedecidos e seguidos. Portanto, se a infração ocorrer no âmbito interno ao condomínio não podem ser expelidas advertências ou multas ao condômino em questão, caso não esteja inserida nos documentos em questão.

Entretanto, é possível solucionar o problema com a convocação geral de uma Assembleia, seja ela digital, presencial ou híbrida. Coloque o tema para discussão, síndico! Debata com todos os moradores sobre a obrigatoriedade do uso e caso seja decidido pela maioria, multas podem ser discutidas e advertências podem ser dadas aos infratores.

Nesse momento, a comunicação é ponto-chave para solucionar tópicos fundamentais à rotina do condomínio. Conscientize, mas caso seja recorrente o descuido, as vigências do local devem entrar na cena. A máscara serve como prevenção e é um objeto para garantir a saúde de todos!

5 aplicativos para desenvolver um consumo mais consciente
7 formas simples de tornar o condomínio ecológico