Notícias

Como realizar coleta seletiva no Rio e Niterói

Um dos maiores desafios da atualidade é o controle e manuseio de lixo em grandes cidades. Os aterros sanitários não se apresentam mais como uma única solução viável, sendo extremamente necessário pensar no meio ambiente e sustentabilidade. As cidades do Rio de Janeiro e Niterói possuem alguns métodos e dispositivos para refrear o descarte excessivo de despejos e resíduos nos aterros, produzindo uma coleta seletiva e pensada no bem-comum da cidade.

→ O Rio é uma das poucas cidades do Brasil que possui um programa de coleta por quase todo seu território, com ações ostensivas da Prefeitura nos últimos anos. O número de bairros cobertos continua sendo ampliado, necessitando da ajuda da população no processo. A Comlurb realiza a coleta uma vez por semana, alternando com a coleta comum.

Utilize sacolas plásticas transparentes, de forma que os garis consigam identificar o conteúdo de cada lixo e possam descartar apenas aqueles que façam parte da reciclagem: papéis, metais, plásticos e vidros, secos e limpos, não necessitando separá-los internamente. Caso esteja em sacos pretos, não será realizada a retirada, pois os mesmos indicam lixo orgânico e úmido (podem causar risco à saúde dos catadores e contaminam o restante). Consulte aqui os horários e dias que será feita a coleta em sua rua.

Além disso, há a possibilidade descartá-los em Postos de Entrega Voluntária, funcionando 24h e contendo contêineres para descarte direto da população próxima a eles. Confira aqui onde encontrar.

Existem ainda aqueles materiais que não podem ser descartados em lixo comum ou reciclável, como lâmpadas, pilhas, óleos, pneus, entre outros. Acesse aqui e descubra onde deixá-los seguramente, no local mais próximo a você.

→ A coleta seletiva em Niterói ocorre desde o início dos anos 90, tendo expandido com o passar dos anos, de acordo com a demanda e o cadastro da população no programa. O sistema funciona durante a semana, baseado em horários disponibilizados pela Prefeitura, indo de porta a porta.

Após cadastro na Companhia de Limpeza de Niterói, o cidadão ativamente participa do processo, recebendo informações de como proceder com a separação e gerando diretamente ajuda a duas cooperativas de catadores da cidade.

Existem também os Postos de Entrega Voluntária, tanto fixos (acesse aqui), como alguns postos itinerantes, localizados em pontos estratégicos da cidade, por um determinado tempo de trabalho. Saiba aqui onde os caminhões ficam estacionados. 

A partir de 2018, quatro novos Ecopontos, espaços onde pessoas podem descartar materiais recicláveis como plásticos, papel, vidros e papelões, foram implementados na cidade, aumentando o compromisso com a reciclagem. Conheça os pontos acessando este site.

É fundamental que essas iniciativas tenham completo apoio da população, para desenvolver cidades com menos resíduos e mais próximas do ideal de sustentabilidade. A Prohome tem orgulho de ser uma administradora com o compromisso de diminuir sua pegada ecológica e transformar processos de forma sustentável, com políticas ambientais ativas e sérias. Além de incentivar internamente essas ações, incentivamos nossos condomínios e clientes a fazerem parte. Venha conhecer um novo modelo de administradora, com a consciência da necessidade de construirmos um futuro melhor!

Fontes: Companhia Municipal de Limpeza Urbana – COMLURB; Recicloteca; Companhia de Limpeza de Niterói – CLIN.

Home Office como solução ecológica
5 novidades mais desejadas em imóveis pós-pandemia