Saúde mental do idoso em tempos de COVID-19

Tecnologias podem ajudar o idoso a se manter ativo, confira!

Precisamos falar mais sobre o isolamento social e a saúde mental dos idosos. E para fazermos isso, preparamos para você, que é idoso ou que cuida de uma pessoa idosa, uma série de artigos sobre esse assunto. Nesse primeiro artigo vamos falar sobre a importância de mexer nosso corpos e se manter ativo para uma boa saúde mental. Hoje em dia com a tecnologia, podemos com facilidade e diversão nos manter ativos, mesmo dentro de casa.

Quando a gente NÃO deixa o nosso corpo parado o tempo todo, conseguimos:

  • Dormir melhor e ficar mais disposto;
  • Fazer uma atividade que ajuda a passar o tempo de forma prazerosa;
  • Diminuir os sentimentos de aflição, ansiedade, e estresse.

E você sabia que existem aplicativos que você pode usar do seu celular ou computador que podem te ajudar a te manter ativo para uma boa saúde mental e física?

Idoso Ativoatravés deste aplicativo você tem acesso a um guia de exercícios com atividades que não danificam as junções dos ossos e também deixa seu corpo mais flexível.

TikTok: se você gosta de ouvir música e de movimentar o corpo, o TikTok pode se tornar o seu aplicativo favorito. Quando você aprender a usar o aplicativo, siga as hashtags como #idososnaquarentena #treineemcasa.

Instagramaqui você pode assistir vídeos grátis para fazer exercício físico em casa sozinho(a). Que tal baixar esse aplicativo no seu celular e fazer algumas aulas online?

SpotifyQue tal montar uma lista das suas músicas preferidas para você ouvir enquanto movimenta seu corpo e faz atividade física em casa?

CPqD Alcance: esse aplicativo te ajuda a ver melhor a tela do seu celular se você tem dificuldade para enxergar os botões e as letras.

Estamos juntos nessa luta contra o coronavírus! Faça sua parte cuidando de você e ficando em casa sempre que você puder. Assim, você estará demonstrando amor por você mesmo e ao próximo.

Fonte: Brazilian Times

Crescimento do mercado de trabalho feminino e Grandes mulheres para se inspirar
Atenção às encomendas durante pandemia