Notícias

Fake news em época de pandemia: como controlar?

Desde que a propagação do novo coronavírus tomou proporções mundiais, o Ministério da Saúde teve que começar a combater a disseminação de notícias falsas que circulam na internet. Foi necessário criar um canal exclusivo para o recebimento de informações virais que serão apuradas e respondidas pelas áreas técnicas em saúde a fim de confirmar se a notícia é verdadeira ou falsa. 

Pensando nisso, o Secovi Rio listou algumas recomendações importantes para você se atentar nesse período:

1- Busque ficar informado sobre a doença em sites oficiais (como o do Ministério da Educação, dentre outros) ou por meio de veículos de comunicação sérios.

2- Não repasse notícias ou áudios de fontes não confiáveis pelo Whatsapp porque isso pode gerar pânico entre as pessoas.

3- Muitos moradores de condomínios estão fazendo ações de solidariedade para os vizinhos idosos, se colocando à disposição para ir ao supermercado ou à farmácia. Incentive este tipo de atitude em seu condomínio e ajude a divulgar.

4- Não acredite em tudo o que é postado nas redes sociais. Como já mencionamos, a melhor forma de se informar é por meio de fontes oficiais.

5- Se você for ao mercado comprar alimentos, não precisa levar um estoque de produtos. Compre apenas o suficiente para o consumo da sua família e evite que as prateleiras fiquem vazias sem necessidade.

6- O mesmo vale para a compra de álcool em gel, que está em falta em diversas farmácias. Se você achar o produto, não precisa levar todas as embalagens para casa. Pense das outras pessoas e compre apenas o que for necessário para sua rotina.

7- A quarentena é um período de isolamento fundamental para combater o coronavírus. Sendo assim, não devemos usar esse momento com mais tempo livre para visitar amigos, familiares ou fazer reuniões em grupo. A regra é: fique em casa.

8- Muitos pesquisadores estão trabalhando seriamente para encontrar soluções ou a cura do coronavírus. Enquanto isso não acontece, evite ficar se medicando sem recomendação de um especialista e não acredite em indicações repassadas por grupos de Whatsapp ou redes sociais.

Pensando nisso, o Whatsapp anunciou hoje, dia 07, diversas novas atualizações para tentar minimizar a propagação de fake news. Segundo o blog Publicitários Criativos, uma das maiores mudanças é o compartilhamento de mensagens para outros grupos, que a partir de agora, será limitado o envio para um chat por vez quando a mensagem for compartilhada mais que cinco vezes e será necessário identificá-las com o sinal de duas setas duplas.

A razão das alterações é os efeitos da pandemia do novo Coronavírus que causou um aumento significativo no número de mensagens trocadas na plataforma e que, embora estas sejam em sua maioria inocentes, elas têm ajudado a aumentar a proliferação de informações falsas. Saiba mais sobre as atualizações do Whatsapp clicando aqui. 

Profissionais de saúde poderão aplicar vacinas de gripe em condomínios no Rio
CUIDADOS COM O TAPETE DE PORTA