ProHome

Cadastre seu Atendimento Cadastre seu Atendimento Facebook Twitter Google + (21) 99328-9509(21) 99328-9509


Contato (21) 2516-4199 Contato Contato Cadastre seu Atendimento Ambiental

Notícias

Multas em condomínios: quando e por que aplicar?

A vida em comunidade é sempre uma questão delicada, e os condomínios não são diferentes. O convívio com muitos vizinhos com hábitos e costumes diferentes pode ser desafiador, mas, se algumas regras forem seguidas, essas questões serão facilmente superadas.

Uma das questões que mais trazem dúvidas é a aplicação de multas. Caso as regras de convivência do condomínio não sejam seguidas, é preciso aplicar advertências e multas. Mas como fazer com que esse sistema funcione sem gerar ainda mais complicações?

Em primeiro lugar, é preciso deixar explícito no Regimento Interno ou na Convenção do Condomínio que, em caso de infrações, multas podem ser aplicadas. É preciso que o regulamento seja bem definido e rígido, determinando o que deve ser feito em casos de infrações, para que possam ser avaliados de forma imparcial e objetiva. Se ainda não existir um padrão para isso, a atualização do regulamento deve ser colocada como pauta da próxima assembleia.

Deve-se lembrar que, caso seja o primeiro caso de infração de um condômino, uma boa conversa pode ser suficiente para alertá-lo do ocorrido. É importante deixar claro que, caso a infração venha a se repetir, ele estará sujeito às multas.

Antes de advertir ou multar um morador, é preciso confirmar se o condômino realmente cometeu uma infração. Caso positivo, verifique se ela está descrita no regulamento ou na convenção, e garanta que existam provas que ela ocorreu. Para isso, podem ser utilizadas fotos, imagens das câmeras de segurança ou relatos de vizinhos no livro de registros.

Uma dúvida que pode ficar é: é necessária a aplicação da advertência antes da multa? Isso dependerá da infração. Em alguns casos, como mudanças de fachadas sem autorização, é possível que a multa seja aplicada no ato. Também é válido lembrar que, para que não existam dúvidas, o valor das multas devem ser determinadas tendo como referência a taxa ordinária paga mensalmente ao condomínio.

Varanda: saiba o que pode ser alterado respeitando as regras do condomínio
Conheça as plantas ideais para as áreas comuns dos condomínios