A poluição causada pelo plástico descartado é um assunto que está em alta nos jornais e revistas, já que muitos lugares estão estudando soluções práticas para diminuir o consumo deste material. Mas, enquanto tais medidas são pensadas para um universo maior, é importante que cada indivíduo repense o seu uso e busque fazer a diferença. Uma dica é começar a refletir sobre o uso do plástico de utilização única.

De acordo com um estudo feito pela Race for Water, uma instituição suíça voltada para a preservação da água, todos os anos são produzidos cerca de 250 milhões de toneladas de plástico. Deste total, cerca de 35% do material descartado foi utilizado apenas uma vez, por apenas 20 minutos. Para se ter uma ideia da gravidade do problema, segundo dados divulgados no Fórum Econômico Mundial de Davos, é possível que, em 2050, os oceanos tenham mais resíduos de plástico do que peixes.

Chegou a hora da população reduzir o seu consumo plástico no dia a dia. E, se você quer fazer a sua parte mas não sabe como começar, é simples: reduza (ou elimine, se possível) o uso do plástico de utilização única. Canudos, copos plásticos, objetos descartáveis… tudo isso pode ser substituído por materiais que não prejudiquem o meio-ambiente.

As iniciativas governamentais são importantes, é claro, para a conscientização de um grande número de pessoas. Mas, se cada indivíduo fizer a sua parte, a mudança poderá ser ainda maior.

IGP-M na 2ª prévia de setembro sobe 1,34% ante + 0,67% na 2ª de agosto
Senado aprova texto-base de projeto que aumenta multa para quem desiste de imóvel na planta