4 em cada 10 brasileiros não separam o lixo

Quase um terço (28%) não sabe identificar por cores as lixeiras de coleta seletiva, mas 88% concordam que a forma correta de descartar o lixo é separando os materiais.

Quatro em cada dez brasileiros (39%) dizem não separar o lixo orgânico do reciclável e 76% não fazem a separação por tipo de material, mostra pesquisa do Ibope divulgada na última terça-feira (5), Dia do Meio Ambiente. Quase um terço (28%) não sabe identificar por cores as lixeiras para coleta seletiva.

Apesar disso, 88% concordam totalmente que a forma correta de descartar o lixo é separando os materiais que podem ser reciclados e 95% acham que a reciclagem é importante para o futuro do planeta.

Ainda que 56% dos ouvidos afirmem que existe coleta seletiva em sua cidade, 50% dizem não utilizar nenhum serviço desse tipo.

Outro estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) no ano passado revelou que uma parcela de 13% do lixo sólido é reciclada no país, mesmo que 30% a 40% desses resíduos sejam recicláveis.

Desinformação

Ainda segundo o estudo, 45% dos entrevistados têm alguma dificuldade em encontrar informações sobre coleta seletiva onde mora e 39% também têm alguma dificuldade para encontrar informações sobre reciclagem nos rótulos dos produtos.

“Em todos esses índices, aqueles que separam o lixo têm maior nível de informação do que os que não separam, apontando problemas de informação”, destaca Soraia Amaral Silva, gerente de atendimento e planejamento do Ibope Inteligência.

Além disso, 59% dos pesquisados dizem saber pouco ou nada sobre reciclagem e 65% afirmam o mesmo sobre a coleta seletiva. Outros 26% concordam total ou parcialmente que o lixo não é mais um problema seu depois que ele é jogado fora.

Por isso, investir em divulgação é essencial para que um projeto de coleta seletiva seja bem sucedido em um condomínio. Reserve um tempinho na assembleia para falar com os condôminos sobre a importância da separação correta do lixo e ofereça treinamento adequado aos funcionários do prédio. Esses são os passos iniciais para uma mudança de atitude!

Fonte: G1

Paralisadas há três meses, obras da Linha 3 do VLT são retomadas
Plantas dentro de casa trazem benefícios para a saúde