“São as águas de março fechando o verão…” O verso da música de Tom Jobim já dá a dica: além de dar adeus ao verão, o mês de março coloca em foco um dos recursos naturais mais importantes para a vida, a água. No dia 22 de março é celebrado o Dia Mundial da Água, data criada pela ONU, em 1992, com a finalidade de gerar debates sobre o consumo consciente deste bem tão precioso e ressaltar a importância da adoção de medidas que visam à economia.

A data comemorativa é importante, pois debater sobre o assunto aumenta a consciência das pessoas, mas existe ainda um desafio maior: transformar todas as reflexões que surgem neste período em ações nos demais dias do ano. Mas uma coisa é certa: economizar recursos naturais, em especial a água, deve fazer parte da rotina diária de todas as pessoas.

Sistema Nacional de Informações de Saneamento Básico do Ministério das Cidades (SNIS) divulgou que o brasileiro consome em média 166,3 litros de água por dia. Segundo a ONU – Organização das Nações Unidas – 110 litros de água são suficientes para atender as necessidades básicas de um indivíduo. Comparando os dados é fácil concluir que o desperdício ainda faz parte da rotina dos brasileiros.

Reaproveitar água é o caminho

Evitar o desperdício de água deve estar em nosso DNA, mas também é fundamental utilizar a água que chega em nossa casa e no condomínio de forma inteligente. Reaproveitar a água utilizada em determinadas tarefas é uma dica muito bacana que ajuda a reduzir o gasto e ainda otimiza o uso.

Muitas atividades domésticas necessitam de água para sua realização, mas é inacreditável a quantidade de água limpa ou reaproveitável que é simplesmente jogada fora. Ao tomar banho, por exemplo, é fundamental fechar a torneira ao se ensaboar. Mas e toda aquela água que vai pelo ralo ao esperarmos que ela atinja a temperatura ideal? Estamos falando de água limpa, que pode ser reaproveitada para molhar as plantas, lavar a louça e muito mais!

Lavar a roupa é outra atividade que gasta muita água. Além de ligar a máquina apenas em sua capacidade máxima, é possível reaproveitar a água da lavagem. Por conter sabão e amaciante, ela pode ser usada nas descargas e para limpar varandas e as áreas comuns do condomínio. Esta atitude ajuda o meio ambiente e ainda poderá deixar os locais com um cheirinho muito agradável!

Economizar e reaproveitar. Esses verbos definem bem como deve ser nossa relação com a água. Faça a sua parte e vamos juntos em busca de um mundo mais sustentável! Compartilhe com seus amigos! 🙂

Fonte: Condomínios Verdes

Fórum de Síndicos: eSocial – SPED da Folha de Pagamento
Caixa dispõe de R$ 82 bilhões para habitação este ano