Niterói sobe no ranking verde

Apesar da crise econômica que o Estado do Rio de Janeiro atravessa, os municípios fluminenses irão repartir cerca de 210 milhões de reais relacionados ao repasse do ICMS Ecológico. Desse total, R$ 6,37 milhões serão destinados a Niterói, que passou a ocupar a quinta colocação do ranking estadual, segundo levantamento divulgado pelo Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio (Ceperj).

O ICMS Ecológico é um incentivo financeiro que os municípios do Rio recebem por promoverem uma gestão socioambiental adequada. Para garantir uma boa parcela deste repasse, as prefeituras devem comprovar as ações que foram realizadas nos âmbitos de saneamento, coleta seletiva, proteção de mananciais e áreas verdes, dentre outros critérios socioambientais. É o que explica o coordenador de Políticas Regionais, Urbanas e Ambientais (Coprua) do Ceperj, Emiliano Reis.

Fonte: O Fluminense online, Giovanni Mourão

Sancionado piso salarial com reajuste de 5% no estado do Rio
Dia Mundial da Água – Como economizá-la em casa?