Como economizar na taxa condominial?

Quando falamos da taxa condominial, há, muitas vezes, questionamentos dos valores e dúvidas sobre se há a possibilidade de diminuir esses números e, no caso positivo, de como fazer isso. Por essa razão, resolvemos trazer esse tema na matéria de hoje. Continue lendo e entenda melhor!

É possível, sim, diminuir os gastos mensais do condomínio, principalmente relacionados com o uso da água e energia elétrica, e, dessa forma, o valor repassado a cada condômino também se torna menor. Além disso, essas medidas ajudam com que colaboremos para o equilíbrio do meio-ambiente.

A seguir, separamos uma seleção de sugestões de como fazer isso. Confira:

  • Arejadores: encontrados facilmente e vendidos a partir de R$ 5, eles misturam o ar no jato de saída de água, dando a sensação de um volume maior saindo da torneira. Podem gerar uma economia de até 20%;
  • Chuveiro de baixo consumo: encontrados em lojas de materiais de construção, por cerca de R$ 90, geram uma economia mensal de até 90%;
  • Redutores de vazão: são anéis que controlam a quantidade de água que sai das torneiras. Custando cerca de R$15, podem ajudar a economizar até 30% nas contas de água;
  • Sistema de captação da água pluvial: com um custo mais elevado (que dependerá muito de acordo com o tamanho do condomínio), esse sistema pode gerar uma economia de até 50%.
  • Lâmpadas de LED: bem fáceis de serem encontradas, custam em torno de R$ 30 (bem mais caras do que as tradicionais, é verdade), sendo mais eficientes e duráveis, gerando uma economia de até 30% nas contas de energia;
  • Pintura refletiva: esse tipo de pintura faz com que as paredes absorvam menos calor, diminuindo o uso de aparelhos como o ventilador e ar condicionado, gerando uma economia de até 25%;
  • Sensores de presença: fazem com que as luzes do ambiente só acendam quando a presença de alguém é detectada. Custam cerca de R$40 e podem ajudar a economizar até 35% nas contas de luz;
  • Sistema de aquecimento solar: variando muito o valor de acordo com o tamanho do condomínio, número de unidades, entre outros fatores, gera uma economia de até 70%.

E então, o que você achou de todas essas soluções?! Esperamos que tenha gostado das dicas que trouxemos hoje e que, colocando-as em prática, consiga diminuir o valor da sua taxa condominial, além de colaborar para a natureza. #FicaADica

Venda de imóvel novo no Rio sobe 15%
Crie um refúgio verde em seu condomínio