Como escolher a adega climatizada perfeita para sua casa

Aos amantes de vinhos, preparamos um conteúdo especial para você entender os pontos que deve levar em consideração na hora de adquirir uma adega de vinho climatizada. O preço costuma ser nosso primeiro norte antes de comprar algum item, mas ele não deve ser o único fator. Quem é um real apaixonado, deve levar em consideração outros critérios muito mais importantes na hora da escolha da adega climatizada perfeita.

Critérios para Escolher a Adega Climatizada Perfeita

  • Tamanho da Adega Climatizada para Vinhos

Antes de tudo, você deve analisar qual o tamanho e capacidade da adega para armazenar vinhos. A adega possui um tamanho limitado na compra e você não consegue mudá-la internamente para aumentar o tamanho. No mercado há adegas que comportam de 8 à 230 garrafas, além dos tamanhos feitos por encomenda, ou seja, há uma gama muito grande de opções analisando somente esse fator.

Para definir o tamanho de sua adega climatizada atente-se para dois fatores:

A dimensão do ambiente em que ficará a adega. Normalmente ela ficaria na sala de jantar e deve ficar num local que não seja muito atingido pela luz solar diretamente.
Quantos vinhos você deverá guardar. Considere o número de vinhos que você compra mensalmente, mas deixe alguns espaços a mais caso aumente o consumo durante o ano.

  • Controle de temperatura da Adega

Cada vinho possui uma temperatura ideal diferente e que deve se manter constante, por isso um visor e controle de temperatura na parte externa da adega é essencial. Isso evita que se abra a porta constantemente e assegura que a temperatura está correta. Você deve conhecer bem os vinhos que serão armazenados na adega climatizada, pois dependendo da adega que você irá adquirir, deverá escolher uma temperatura para se manter constante.

Alguns modelos de adegas climatizadas oferecem separações para colocar temperaturas diferentes, mas costumam ser mais caras. Há os espumantes que variam entre 6º ; enquanto a do vinho tinto, entre 14º e 18º C. O ideal é avaliar os tipos de vinhos que você consome e se há muita variação de temperatura entre eles, talvez valha mais a pena adquirir climatizadoras com separações.

Prefira sempre a adega com o sistema de refrigeração eletrônico digital, pois dessa forma ela não sofrerá com influências da temperatura externa

  • Incidência de Luz e Iluminação

Na hora da compra, procure adegas que possuem que ofereçam proteção contra raios solares, dessa forma você terá maior flexibilidade para movimentar a adega, caso mude a decoração por exemplo. Se não for possível, ou sair muito para fora do limite de seu orçamento, coloque a adega em um local que não possua incidência solar direta.

Caso for adquirir um modelo que possua luz interna, opte por uma que não gere calor. Dessa forma a temperatura da adega climatizada não será influenciada pelas lâmpadas.

  • Estilo de design

Ao contrario do que você deve pensar, há outros modelos de adegas além das com tons escuros de preto ou cinza. Há muitos outros formatos e cores, desde os mais vintages até os mais modernos. Tente adquirir uma adega que mais combine com o restante do ambiente. Ela pode ser o destaque ou fazer parte uniformemente da decoração. Tudo depende do seu estilo e do ambiente que você deseja criar.

Por fim, para garantir segurança de sua coleção coleção de vinhos, escolha um modelo com trava e alarme. Evita-se furtos e deixa claro que não é para ficar abrindo a porta sem motivo usual.

Fonte: Viva Decora

Dicas para comprar uma unidade mesmo na crise
Você sabe o que significa “Walkability”?