Acessórios para casa podem dar um toque diferente ao seu cantinho.

A arquiteta Elaine Gonzalez elege os objetos mais legais da casa do programa para você alterar um cômodo sem gastar muito. “Com pequenos detalhes, podemos mudar totalmente o espaço, trazendo ainda mais charme”, conta Elaine. Confira os itens simples selecionados por ela e arrase!

Item #1: Mesas laterais em composição
Uma boa dica é usar duas mesinhas laterais de tamanhos diferentes. Essas peças podem ser levadas para junto do sofá para facilitar o apoio em uma sessão de filme ou de comidinhas quando recebemos visitas.

Item #2: Aparadores de livros
Seu objeto de decoração preferido pode virar um apoiador de livros! Assim, você consegue arrumar os livros e acessórios sem que as estantes ou prateleiras pareçam uma biblioteca. No É de Casa, o par de madeira branca ganhou destaque e valorizou a decoração.

Item #3: Estante para cozinha
A cozinha também pode receber tratamento especial! As prateleiras mantém a vista os temperos, além de ficarem a mão na hora do preparo. Livros de receitas e colheres diferenciadas também podem ficar expostas, dando efeito de decoração.

Item #4: Escrivaninha
Uma bancada de estudos nos dormitórios é sempre bem-vinda. A dica diferente vai para o uso de vidros coloridos sobre o tampo, garantindo facilidade de limpeza e manutenção. O usual gaveteiro pode ser substituído por nichos com gavetas. Assim, você ganha mais espaço para armazenar documentos.

Item #5: Ganchos para hall de entrada
A entrada da casa merece ganchos estilizados onde seus acessórios preferidos, como bolsas, guarda chuvas e echarpes, podem ficar à mão, facilitando o dia a dia.

Item #6: Memorabília
Reservar um cantinho para um relógio mais antigo ou itens que remetem às boas lembranças da família faz todo mundo se sentir bem. Uma peça que você adora é uma injeção de ânimo constante. Procure objetos que tragam à mente palavras de incentivo como amor, lar, ideal, respeito, vida, família, paz, entre outras!

Fonte: GShow

Garagem do condomínio: como resolver os conflitos
Recreação em condomínios durante as férias escolares